Wolverine



Nome: James Howlett (Logan)
Nome original: Wolverine
Licenciador: Marvel Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Herb Trimpe, John Romita, Len Wein

Lista de revistas com participação de Wolverine

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Incredible Hulk, The (1968)  n° 180 - Marvel Comics
  • Brasil
    Almanaque Marvel  n° 4 - Rge
Wolverine surgiu num arco de três partes na revista americana de “The Incredible Hulk” (números 180, 181 e 182), em 1974. Mas a gênese do personagem data de 1972, quando Roy Thomas, substituiu Stan Lee como editor-chefe da editora Marvel. No ano seguinte, Thomas contava em seus quadros um jovem desenhista de 30 anos chamado Dave Cockrum, que estava deixando a concorrente DC Comics. Cockrum apresentou esboços de personagens criados por ele, entre os quais dois de aspecto vampirescos, sendo que um deles se chamava “Wolverine”. Embora Thomas tenha achado interessante, naquele momento nada chegou a se concretizar. Segundo Thomas, os meses foram passando e, quando ele já tinha esquecido o Wolverine de Cockrum, pediu para Len Wein criar um personagem com aquele nome.

Ao mesmo tempo em que o Wolverine de Wein estava nascendo na máquina de escrever, em meados de 1974 Al Landau, da Trans World Features (empresa que distribuía os títulos Marvel mundo afora), pediu a Thomas que sua equipe bolasse uma série de personagens de nacionalidades distintas para agradar os leitores de outras praças. Thomas recorreu a Wein e Cockrum para reformular os “X-Men”, cuja revista, na ocasião, só republicava HQs antigas. A ideia era fazer um grupo internacional de super-heróis, os novos X-Men.

Wein aproveitou o ensejo para fazer de seu Wolverine um mutante, pois queria que ele integrasse os novos X-Men (formado, claro, só por heróis mutantes). O personagem era canadense, como o mamífero wolverine (conhecido em português como carcaju), bastante comum naquele país. Seus poderes eram parecidos com os do animal: força, ferocidade e velocidade.

Na trama da HQ de estréia (no gibi do “Hulk”), que chegou às bancas americanas por volta de agosto de 1974 (embora a revista datasse de outubro), o personagem era um agente a serviço da Força Aérea Canadense, conhecido como “Arma X”. Não tinha uma origem: era apenas um coadjuvante misterioso lutando contra o famoso monstro verde e Wendigo, no Canadá. A referida história foi escrita por Wein e, embora Herb Trimpe tenha desenhado, quem criou o visual do personagem foi John Romita — diretor de arte da Marvel na época. A ideia de fazê-lo pequeno em estatura e feroz em batalha parece que foi ideia de Thomas, que a “chupou" de um velho herói da concorrente DC Comics: o Átomo, personagem do qual Thomas era fã confesso. Outra semelhança com o herói da DC é que, na época que Wolverine estreou no “Hulk", Wein queria que ele fosse um jovem de 19 anos.

Na estréia, Wolverine apresentava luvas com garras retráveis, feitas de adamantium, que não faziam parte de seu esqueleto. Ele ainda não possuía suas duas características famosas: o fator cura e o esqueleto de adamantium.

Em maio de 1975, Thomas finalmente lançou seus novos X-Men, no especial “Giant-Size X-Men” n° 1. No enredo, o Professor X (mentor do famoso grupo) recruta novos mutantes para salvar os antigos de Krakoa, a Ilha Viva. Como planejado, Wolverine foi incluído entre os novos personagens. Curiosamente, o capista Gil Kane desenhou errado a máscara do herói, aumentando-a. Cockrum gostou e adotou o novo aspecto para a miolo do gibi. E foi com esse visual que Wolverine ficou conhecido por muitos anos.

Décadas depois, a origem foi explicada aos leitores: Wolverine era James Howlett, nascido no século 19, filho de John e Elizabeth Howlett. Mesmo de família rica, não teve vida fácil. Sua mãe era distante, por ter perdido o primeiro filho. E James, uma criança asmática, passava mais tempo na companhia dos amigos, a ruiva Rose e Cão, filho de Thomas Logan, na esperança de suprir a atenção da mãe ausente.

Mas os bons tempos do garoto foram breves. Um dia, Thomas e Cão mataram John. O assassinato foi traumático para James, que em seguida teve a primeira manifestação de seu poder latente: garras de osso saíram de sua mão. Confuso, ele fugiu, matando Thomas e ferindo Cão. Elizabeth não aguentou a violência e se matou.


Relate algum problema encontrado nesse personagem