Tio Patinhas



Nome: Scrooge McDuck
Nome original: Uncle Scrooge
Licenciador: Walt Disney
Criado por: Carl Barks

Lista de revistas com participação de Tio Patinhas

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    One Shots  n° 178 - Dell
  • Brasil
    Mickey  n° 15 - Abril
Patinhas McPato ou Patinhas McPatinhas, conhecido como Tio Patinhas (Uncle Scrooge), é um personagem escocês (criado nos Estados Unidos para o público americano) de ficção. Sua primeira aparição em quadrinhos se deu em dezembro de 1947.

A partir de 1950, foi promovido de personagem secundário a protagonista, com direito a participação em vários especiais de televisão, filmes e videogames. A série de animação de 1987, "Duck tales", acompanha as aventuras de Patinhas, seus sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luisinho e sua vida na fictícia cidade de Patópolis.

O nome civil de Patinhas, Scrooge McDuck, se baseia no avarento Ebenezer Scrooge, personagem principal do "Conto de Natal" de Charles Dickens. Tal como muitos outros habitantes de Patópolis, a emplumada figura se tornou popular no mundo inteiro, mais ainda na Europa, e tem sido traduzido em inúmeros idiomas.

Tio por parte de mãe do personagem já existente Pato Donald, surgiu na HQ em "Natal nas montanhas" ("Christmas on Bear Mountain", de 1947), história escrita e desenhada por Carl Barks. Patinhas era um velho barbudo, de óculos e razoavelmente rico, que andava curvado sobre sua bengala e vivia isolado numa "grande mansão". Na história, ele convida seu sobrinho Donald e sobrinhos-netos Huguinho, Zezinho e Luisinho para sua cabana nas montanhas, planejando armar um susto e divertir-se com a desgraça dos sobrinhos. No Brasil a história foi publicada em "Mickey" 15 (1953), "Tio Patinhas" 137 (1976), "Natal de Ouro" 2 (1980), "Tio Patinhas Especial" 5 (1987) e "O Melhor da Disney" 10 (2005). (1)

O nome de “Tio Patinhas” veio do tradutor Jeronymo Monteiro. Como não dava para conservar o original em inglês, “McScrooge”, ele preferiu fazer uma adaptação do nome utilizado para o personagem na Argentina. Assim, de “Tio Patilludo” ele chegou a “Tio Patinhas”. (2)


Notas e fontes —
(1) pt.wikipedia.org
(2) “O Homem Abril”, de Gonçalo Junior, pág. 91


Relate algum problema encontrado nesse personagem