Ajude na manutenção e expansão do Guia dos Quadrinhos


Mulher-Leopardo III



Nome: Barbara Ann Minerva
Nome original: Cheetah III
Licenciador: DC Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: George Pérez, Len Wein

Lista de revistas com participação de Mulher-Leopardo III

Bárbara Ann Minerva conquistou grande reputação como arqueóloga e caçadora de tesouros. Ela nunca se detia diante de um desafio, até que sua ganância a levou longe demais.

Sua última expedição percorreu a África rumo ao templo perdido de Urzkartaga, lar de uma tribo lendária que adorava uma deusa felina que assumia a forma de leopardo humano. Sem que Minerva e seu companheiro, o dr. Leavens, percebessem, o sacerdote nativo que servia de guia os levou a uma armadilha. O grupo de Bárbara Ann foi atacado pelo povo de Urzkartaga, que planejava oferecer os exploradores em sacrifício. Apesar da inferioridade numérica, os dois arqueólogos escaparam da emboscada e depois voltaram ao templo durante a noite. Escondidos, eles viram a deusa-felina de Urzkartaga ser ressuscitada na cerimônia de sacrifício. Porém, subitamente, outro grupo de nativos invadiu o local e matou todos com armas semi-automáticas, para vingar os sacrifícios anteriores. No conflito, a deusa felina foi morta, e o templo, destruído.

Minerva e Leavens acabaram presos nas ruínas com o sacerdote Chuma e o corpo da deusa. Por ordem de Bárbara, Chuma contou a história da deusa felina. A arqueóloga, desejando todo aquele poder, exigiu ser submetida ao ritual de transformação. E assim o fez, mesmo tendo de matar Leavens e beber o sangue dele como parte da cerimônia. Pintada com desenhos sagrados e vestida com a pele da deusa, Bárbara bebeu a poção de sangue e se tornou a Mulher-Leopardo.

Como o ritual exigia a utilização de uma virgem, o encanto da Mulher-Leopardo cobrou seu preço. A cada dose do raro elixir preparada por Chuma, o corpo de Minerva foi ficando cada vez mais fraco. Viciada no poder, ela foi levada a sacrificar seres humanos para mantê-lo.

Algum tempo depois, a arqueóloga leu a respeito do famoso laço dourado da Mulher-Maravilha, forjado a partir do cinturão de Caia. Obcecada em possuir um artefato tão valioso, Bárbara Ann fez de tudo para obtê-lo. Como Mulher-Leopardo, atacou Diana, mas não conseguiu o que queria. Meses depois, Minerva usou seu poder e sua influência para que um bando de invasores alienígenas roubassem o laço e, em seguida, os matou.

Os eventos subsequentes surpreenderam até mesmo Minerva. O laço a compeliu a viajar para a África e a atraiu para um templo egípcio oculto. Ali, ela encontrou o segundo cinturão de Gaia e o tomou para si. Quando a Mulher-Maravilha viajou para o Egito, descobriu que as amazonas, cujo templo foi violado por Bárbara, também estavam no encalço da vilã. Na batalha que se seguiu, Chuma foi morto, e os objetos místicos foram recuperados por suas respectivas donas.

Após o confronto, Minerva continuou a ser possuída pelo espírito da Mulher-Leopardo, mas ficou severamente enfraquecida pela dependência do elixir, cujo segredo morreu com Chuma. Não se sabe como Bárbara resolveu esse problema, mas ela está de volta após um longo período encarcerada.

A Mulher-Leopardo é uma poderosa combatente, incrivelmente rápida. Possui força e agilidade sobre-humanas, visão noturna aguçada e garras afiadas, capazes de penetrar facilmente em carne ou pedra.



Relate algum problema encontrado nesse personagem