Mary Jane Watson



Licenciador: Marvel Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: John Romita, Stan Lee, Steve Ditko

Lista de revistas com participação de Mary Jane Watson

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Amazing Spider-Man, The (1963)  n° 25 - Marvel Comics
  • Brasil
    Homem-Aranha, O  n° 15 - Ebal
Coadjuvante das HQs de “Homem-Aranha”. M.J. apareceu pela primeira vez em “Amazing Spider-Man” n° 25 (com data de junho de 1965), como uma personagem sem rosto: para aumentar a curiosidade dos leitores, o desenhista Steve Ditko desenhava só partes de seu corpo, deixando a face sempre coberta por parte do cenário. Seu belo rosto só apareceu mesmo a partir do n° 42 (nov. 1966) da revista, a esta altura desenhada por outro autor, John Romita.

Embora tenha aparecido pela primeira vez nos anos 60, o passado de Mary Jane só foi revelado aos leitores décadas depois. Os pais de Mary Jane casaram-se cedo e, logo, os filhos não demoraram para aparecer. Primeiro veio Gayle, e, quatro anos depois, Mary Jane.

O pai, Philip, se tornou professor, mas ele queria algo mais: sonhava em ser um escritor de renome. As frustrações dele logo se refletiram em sua vida familiar: começou a mudar-se de casa em casa, sempre transferindo as meninas de colégio em busca de sua inspiração.

Gayle se dedicou ao balé e Mary Jane desenvolveu uma personalidade marcante. A cada nova escola, MJ era a festa: em público nada estava errado para ela, enquanto no privado as coisas iam de mal a pior.

Algum tempo depois, a mãe, Madeline, abandonou a casa levando consigo suas filhas. Para menina ruiva, a vida se tornou complicada. Ela e sua irmã tinham apenas uma pessoa com quem contar, a tia Anna Watson.

MJ adorava visitar sua tia Anna e a vizinha, May Parker: as duas estavam sempre tentando um encontro entre ela e Peter Parker, sobrinho da amiga. A jovem tinha 13 anos quando viu Peter pela primeira vez, quando este tinha 14.

Madeline e sua família finalmente se mudaram para Pittsburgh, onde moraram com seu primo, Frank Brown e seus três filhos. Ele pagava as contas enquanto Madeline cuidava da casa. Brown era rude mas não violento, enfim, a familia Watson encontrou um pouco de estabilidade.

Enquanto Mary Jane arrasava os corações dos garotos no colégio, sua irmã se casou com um colegial, Timmy Byrnes. Logo Gayle engravidou.

Em um jantar de Ação de Graças, Mary foi até a casa de sua tia. Foi nesse dia que o tio de Peter morreu e Mary Jane o viu saindo da janela de sua casa como Homem-Aranha.

MJ assistiu sua irmã engravidar e ser abandonada, e sua mãe adoeceu e morreu. Desesperada, Gayle pediu a ajuda à irmã, que nada fez, apenas fugiu.

A jovem começou a trabalhar em discotecas e logo alugou um apartamento, sempre evitando o encontro que sua tia e May forçavam, mas não conseguiu evitar para sempre. Peter esperava uma garota feia e ficou assustado com a beleza de Mary Jane. Ela, por sua vez, viu um garoto "nerd" e nunca imaginou o confidente que ele seria.

Mary Jane saiu com Peter Parker mais algumas vezes e se tornou parte do circulo de amigos dele, juntamente com Harry Osborn, Gwen Stacy e Flash Thompson. Parker e Gwen se apaixonaram profundamente e a ruiva não podia oferecer nada mais. Logo ela também começou a sair com Osborn, mas quando este se envolveu com drogas, o relacionamento acabou.

Com a morte de Gwen Stacy, Parker começou a perceber que a "maluquinha" era mais do que “a festa”.

Depois de alguns meses eles passaram a namorar firme. Parker a pediu em casamento, mas ela não aceitou, dizendo que não era o tipo de garota de um homem só. Ela foi embora para a Flórida se dedicar a carreira de modelo.

Quando Mary Jane retornou, ambos estavam tendo problemas em suas vidas e ela revelou para Parker que ela sabia que ele era o Homem-Aranha. Logo eles se tornaram cada vez mais próximos e se casaram.

Mary Jane Watson



Relate algum problema encontrado nesse personagem