Ajude na manutenção e expansão do Guia dos Quadrinhos


Cristal



Nome: Alison Blaire
Nome original: Dazzler
Licenciador: Marvel Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Chris Claremont, John Romita Jr., Roger Stern, Tom Defalco

Lista de revistas com participação de Cristal

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Uncanny X-Men, The (1963)  n° 130 - Marvel Comics
  • Brasil
    Superaventuras Marvel  n° 26 - Abril
Heroína das HQs de "X-Men" e outros personagens da editora Marvel. Cristal apareceu pela primeira vez no gibi "Uncanny X-Men" n° 130, 1980. Porém, no Brasil, a vimos pela primeira vez através de sua própria série, que estreiou aqui antes dos episódios onde ela aparecia como personagem-convidada.

Na trama, a jovem Alison é uma mutante capaz de absorver sons e dominar luzes que seguiu carreira de cantora pop. Seu publico nunca imaginava que as luzes dos shows eram feitas por ela, porém, a garota quis expor seu dom mutante ao seu publico. Todavia, quando fez a revelação, foi excluída dos show-business, só lhe restando suas habilidades e com isso entrou "X-Men" (episódio mostrado na revista "Uncanny X-Men" n° 214) deixando para trás a carreira artística.

Ao lado dos "X-Men" e do mutante Longshot, Cristal foi para o mundo de seu parceiro, "O Mundo de Mojo", para destronar o tirano local e se casarem. Após idas e vindas com os "X-Men", os dois se separaram e a moça voltou à carreira de cantora.

Cristal foi criada capitalizando o final da moda “disco” e do “glam rock” (cujos integrantes usam pesadas maquiagens), principalmente, do grupo Kiss, que fazia sucesso na época nos quadrinhos da editora Marvel. A idéia era lançar uma heroína multimídia, que apareceria também no cinema (Jim Shooter chegou a fazer um rascunho do projeto). A Marvel encarregou Tom de Falco de desenvolver a personagem. De Falco fez algumas mudanças, dando a ela o poder de gerar luz. Roger Stern criou o nome da heroína ("Dazzler"), enquanto que John Romita Jr. fez os desenhos da HQ. Este último queria dar à Cristal a fisionomia da atriz e modelo negra Grace Jones, mas os representantes da Filmworks insistiran que ela fosse parecida com Bo Derek. Segundo o esquema da Marvel com seus parceiros, a nova estrela deveria aparecer nos principais "comics" da editora, como "Quarteto Fantástico", "X-Men" e, principalmente, "Homem-Aranha". A idéia era fazê-la bem familiar aos leitores. O primeiro título onde ela apareceu foi "X-Men". Porém, as discordâncias e mudanças foram tantas que o projeto do filme acabou cancelado, só restando à Marvel aproveitar todo o "marketing" feito em cima para lançar, em 1981, a revista "Dazzler".

Quando o gibi "Dazzler" foi lançado, as músicas de discotecas já não eram o grande "hit" do momento e o Kiss já não era mais parceiro da Marvel, daí seus novos autores (o gibi de Cristal foi concebido por Alice Donenfeld, John Romita Jr. e Jim Shooter, com alguma ajuda de Stan Lee, Al Milgrom e Tom DeFalco) a fizeram cantando outros gêneros, como rock e dance music.

Apesar de contar com bons desenhos de Romita Jr. e de Frank Springer, a série não se sustentou e acabou sendo cancelada.


Relate algum problema encontrado nesse personagem

  • Guia dos Quadrinhos
  • Adicionado por
    Guia dos Quadrinhos
    em 05/03/2007 00:00:00