Renato Canini



País de nascimento: Brasil
22 de fevereiro de 1936
30 de outubro de 2013

Lista de revistas com trabalhos de Renato Canini
Veja lista detalhada dos trabalhos


Renato Vinícius Canini era um ilustrador brasileiro, conhecido por seu trabalho em diversas publicações, como “Pasquim”, “Pancada” e para a Editora Abril, onde ilustrou histórias em quadrinhos da Disney e destacou-se desenhando o personagem Zé Carioca, ao qual atribuiu seu traço pessoal e uma identidade mais brasileira, distanciando notavelmente este personagem do estilo Disney original.

Nascido em Paraí, na serra gaúcha, Canini viveu em Frederico Westphalen até a morte de seu pai, aos dez anos idade, quando foi morar com uma avó e uma tia em Garibaldi.

Fã de Elvis Presley, música evangélica e italiana, Canini passou os últimos anos de vida em Pelotas, Rio Grande do Sul, com a esposa Maria de Lourdes, também desenhista, a quem conheceu quando ela desenhava charges para o “Diário de Notícias”, de Porto Alegre. No dia 14 de outubro de 2005, Canini foi condecorado pela Câmara de Vereadores da cidade com o título de Cidadão Pelotense.

Canini teve seu primeiro emprego aos 21 anos, em 1957, como funcionário público no Rio Grande do Sul (onde ficou até 1967), onde trabalhava numa revista chamada “Cacique”, da Secretaria de Educação e Cultura.

Quando a publicação acabou, Canini permaneceu fazendo desenhos técnicos de engenharia até completar dez anos como funcionário público, coisa que o desagradava profundamente. Para compensar, colaborava com charges para o “Correio do Povo”, TV Piratini (emissora que pertencia à rede Tupi e cujo canal 5 hoje é ocupado pelo SBT Porto Alegre) e publicações alternativas. Foi o convite de um pastor, para ilustrar uma revista da Igreja Metodista que deu oportunidade a Canini de se mudar para São Paulo em 1967.

Depois de dois anos fazendo ilustrações bíblicas, Canini conseguiu uma oportunidade de trabalhar na Editora Abril. Ali, iniciou desenhando e escrevendo para a revista “Recreio”, e foi através dela que fez amizade com Ivan Saidenberg, Jorge Kato e Waldyr Igayara de Souza, diretor de arte da “Recreio” e ilustrador dos quadrinhos Disney (onde criou o Biquinho, o sobrinho do Peninha).

Na Editora Abril tinha uma sala grande, onde ficava a “Recreio” e, em pouco mais da metade, o pessoal da Disney Brasil. Daí ofereceram a Canini o “Zé Carioca”, que já tinha revista própria, mas quase não publicavam histórias com ele. Canini voltou então para Porto Alegre, de onde mandava as histórias. Desenhou o Zé Carioca de 1971 a 1976, quando o demitiram devido a pressões da Disney americana, que não gostava de seu estilo.

Em 2005, foi homenageado pela Editora Abril, com a publicação do Especial Grandes Mestres Disney. Em 2009, foi o grande homenageado no Festival Internacional de Quadrinhos, em Belo Horizonte.

Canini era uma pessoa que valorizava o lado espiritual da vida. Considerava Deus uma presença constante em sua vida e lia a Bíblia diariamente, "pelo menos cinco capítulos", fazia questão de dizer, garantindo já ter lido o livro sagrado, que considerava uma escola para a vida, mais de 40 vezes.[3]

Sua fé chegou a afetar até mesmo suas decisões profissionais. Por conta de suas convicções religiosas, já deixou de aceitar trabalhos que entrariam em choque com aquilo que acreditava.

Faleceu em 30/10/2013, aos 77 anos, após sofrer um mal súbito devido a um problema cardíaco.


Notas e fontes
http://pt.wikipedia.org/wiki/Renato_Canini
http://coa.inducks.org/creator.php?c=RCn
https://www.ebiografia.com/renato_canini/



Relate algum problema encontrado nesse artista