Senhor Fantástico



Nome: Reed Richards
Nome original: Mister Fantastic
Licenciador: Marvel Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Jack Kirby, Stan Lee

Lista de revistas com participação de Senhor Fantástico

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Fantastic Four (1961)  n° 1 - Marvel Comics
  • Brasil
    Príncipe Submarino e O Incrível Hulk (Super X)  n° 12 - Ebal
Primeira aparição: gibi "Fantastic Four" n° 1, de 1961.

Líder do "Quarteto Fantástico".

Reed Richards nasceu em Central City, Califórnia, filho de Nathaniel e Evelyn. Assim como o filho viria a ser, Nathaniel era um gênio renomado. Reed era uma criança superdotada e se formou pela primeira vez ainda na adolescência. Estudou em várias universidades de prestígio, desde o Instituto de Tecnologia da Califórnia até a Universidade de Harvard.

Na Universidade Empire State ele foi colega de quarto de Ben Grimm. Richards já havia começado a projetar uma nave capaz de viajar pelo hiperespaço. Quando contou o que pretendia ao amigo este, brincando, se ofereceu para pilotar o veículo.

Quando nosso herói passou a estudar na Universidade de Columbia, alugou um quarto numa pensão que era propriedade da tia de uma garota chamada Susan Storm, com quem acabou se apaixonado. Ainda em Columbia ele conheceu um outro brilhante estudante chamado Victor Von Doom. Quando o conheceu, Doom viu nele a primeira pessoa capaz de lhe rivalizar intelectualmente. Com o tempo, Doom passou a invejá-lo cada vez mais. Determinado a provar que era o melhor, Doom conduziu experimentos arriscados que acabaram queimando seu corpo e o levando a tornar-se o "Doutor Destino".

Em seguida Richards foi para Harvard, onde recebeu o doutorado em física e engenharia mecatrônica com apenas 22 anos de idade. Após passar seis anos trabalhando para os militares, começou a usar o dinheiro de sua família, assim como fundos do governo, para financiar sua pesquisa. A nave começou a ser construída em Central City. Susan estava morando nas redondezas e tornou-se sua noiva. Grimm acabou sendo mesmo requisitado para pilotar a nave. A essa altura ele já era um piloto de testes e astronauta de sucesso.

Quando o governo ameaçou cortar os fundos Richards, Grimm, Sue (Susan) e seu irmão Johnny decidiram se esgueirar até a nave e realizar seu primeiro vôo. Apesar de todos saberem que nem todos os testes tinham sido realizados, Richards estava certo de que a nave era segura.

Quando a nave passou pelo Cinturão de Van Allenm ela foi bombardeada por uma dose quase letal de radiação cósmica. O formidável cientista não havia levado em conta um nível anormal de radiação. A radiação danificou a blindagem insuficiente da nave, e não houve outra escolha a não ser voltar imediatamente para a Terra. Depois do pouso forçado a tripulação descobriu que seus corpos foram modificados drasticamente, ganhando super-poderes. O de Richards em particular tornou-se elástico, capaz de se esticar e contrair nas mais variadas formas. Foi por sugestão dele que o grupo decidiu usar as habilidades recém-adquiridas para servir a humanidade como o "Quarteto Fantástico".

Para auxiliar nesse objetivo, o Senhor Fantástico criou equipamentos e veículos como as roupas de moléculas instáveis, feitas sob medida para não serem danificadas pelos poderes do grupo. Passou também a pesquisar um meio de reverter a mutação de Grimm, pela qual se considera responsável. Essa é uma das poucas conquistas científicas que ele ainda não alcançou, visto que consegue inventar quase qualquer coisa.

No Brasil, o Sr. Fantástico também foi chamado de "Doutor Fantástico" (na EBAL) e "Homem-Borracha" (na dublagem brasileira do primeiro desenho da Hanna-Barbera, de 1967) - que, a rigor, era o nome do herói de Jack Cole, de 1941, de quem foi baseado (ver "Homem-Borracha").


Relate algum problema encontrado nesse personagem