Parasita II



Nome: Rudolph "Rudy" Jones
Nome original: Parasite
Licenciador: DC Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Joe Brozowski - ‘J. J. Birch’, John Ostrander

Lista de revistas com participação de Parasita II

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Fury of Firestorm, The Nuclear Man (1982), The  n° 58 - DC Comics
  • Brasil
    Superamigos  n° 41 - Abril
Supervilão das HQs de Superman.

Na trama, o oportunista Rudy Jones procurava incessantemente um esquema para enriquecer rápido, sempre se dando mal.

Quando trabalhava como faxineiro nos Laboratórios Star de Pittsburgh (na época, Laboratórios Delta), Rudy viu uma série de tambores metálicos com as inscrições "lixo radiativo".

Pensando que a companhia estava guardando o salário de seus funcionários dentro deles, Jones abriu um dos tambores e acabou se tornando mais um agente a serviço de Darkseid.

O soberano de Apokolips liberou um pequeno feixe de energia ômega no lixo radiativo e transformou o faxineiro numa criatura verde, condenada a consumir a força vital de seres humanos para sobreviver.

Rudy decidiu se aproveitar de suas novas habilidades e adotou o nome de Parasita.

Ele logo absorveu a energia de uma pessoa normal e, em seguida, confrontou Águia Flamejante, drenando sua força meta-humana e suas memórias.

Esse encontro reverteu temporariamente a heroína a seu alter ego, Lorraine Reilly.

Utilizando a memória adquirida, o Parasita procurou Nuclear, presumindo que ficaria ainda mais poderoso se absorvesse a energia do herói atômico.

Depois de uma terrível batalha, Nuclear conseguiu ajudar Águia Flamejante a se recuperar e, juntos, eles derrotaram o vilão.

O Parasita foi transferido para Belle Reve, uma prisão para criminosos meta-humanos, onde passou a absorver energia de pequenos animais enquanto os cientistas decidiam o que fazer com ele.

Jones foi libertado para participar de uma formação especial do Esquadrão Suicida (superoperavitos que comutavam suas penas prestando serviços ao governo) a fim de perseguir Nuclear.

Na época, o governo considerava o herói atômico uma ameaça a segurança nacional.

O Parasita absorveu a energia de Multiplex, antigo inimigo de Nuclear e membro do Esquadrão, matando-o.

Ao confrontar o herói, foi novamente derrotado.

Parasita e Nuclear se enfrentaram muitas vezes desde então.

Um desses confrontos ocorreu quando o vilão foi enviado ao Instituto para Estudos Meta-Humanos, para ser curado da torrente de memórias absorvidas de outras pessoas, que o enlouqueceria.

O vilão escapou do IEMH e novamente derrotou Águia Flamejante.

Nuclear, agora um elemental do fogo imune ao Parasita, recuperou facilmente toda a energia roubada da heroína, e depois sugou a essência vital de seu adversário.

Apenas os apelos do dr. Simon LaGrieve e de Lorraine Reilly fizeram com que Nuclear liberasse o Parasita.

O corpo de Rudy Jones se tornou uma pálida carcaça, não representando mais ameaça a ninguém.

O vilão só voltou a atacar depois de ser transferido para Metrópolis, onde se
confrontou diversas vezes com o Superman.

Parasita II



Relate algum problema encontrado nesse personagem