Vertigo: Além do Limiar


Morte



Nome original: Death of The Endless
Licenciador: DC (Vertigo)
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Mike Dringenberg, Neil Gaiman

Lista de revistas com participação de Morte

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Sandman, The (1989)  n° 8 - DC (Vertigo)
  • Brasil
    Sandman  n° 8 - Globo
"O grande momento da vida!"

Talvez este seja o melhor
modo de definir a irmã
mais velha de Morpheus.

Diferentemente do que se
esperava, ela não foi concebida
por Gaiman e Dringenberg
como uma figura sombria e fria,
um 'esqueleto com uma foice',
mas sim como uma bela garota,
que se veste como uma punk,
e que sempre nos passa muito
otimismo e alegria, apesar do
fardo que é o seu "trabalho".

Aliás, em se tratando deste
assunto, sem sombra de dúvida
seu irmão mais novo, Sonho,
é muito mais mórbido e
melancólico que ela.

Ela traz sempre consigo
seu símbolo: o Ankh.

O Ankh é um símbolo
muito antigo, derivado da
cultura egípcia.
Ele era encontrado sempre
nos hieróglifos, sendo segurado
pelas divindades egípcias
como se fosse uma chave,
o que nos remete ao seu
significado como
"a chave dos portões que
separam a vida e a morte",
já que estes desenhos eram
muito comuns em pirâmides
mortuárias dos faraós.

O Ankh é considerado um
símbolo de vida e fertilidade,
o que torna ainda mais irônico
ser exatamente ele o símbolo
utilizado pela irmã mais velha.

Ela não foi a primeira a vir...
mas será a última a partir.

"Quando a primeira coisa viva
existiu, eu estava lá esperando...
Quando a última coisa viva morrer,
meu trabalho estará terminado...
Então, eu colocarei as cadeiras
sobre as mesas, apagarei as luzes,
e fecharei as portas do universo,
enquanto o deixo para trás...",
disse ela a seu irmão Sonho.

A cada século ela vive
um dia entre nós.

"Uma vez, a cada cem anos,
a Morte prova o amargo sabor da
mortalidade para compreender
melhor sua missão.
Este é o preço por ser a divisora
entre todos os vivos que já foram e os
que ainda irão." Estas são suas
próprias palavras sobre o assunto.

Morte acompanha a cada
mortal duas vezes na vida:
no nascimento,
ela fala nos fala, mas não lembramos
o que ela diz, não se sabe o porquê,
e na morte,
ela nos guia ao descanso eterno.

fonte: www.sonhar.net

Morte


Grupos
  • Perpétuos



  • Relate algum problema encontrado nesse personagem