Festival Guia dos Quadrinhos 2018


Homem-Formiga



Nome: Henry "Hank" Jonathan Pym
Nome original: Ant-Man
Licenciador: Marvel Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Jack Kirby, Stan Lee

Lista de revistas com participação de Homem-Formiga

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Tales To Astonish (1959)  n° 27 - Marvel Comics
  • Brasil
    Quarteto Fantástico (Estréia!)  n° 4 - Ebal
O Homem-Formiga nem sempre foi o Homem-Formiga. Em sua primeira aparição, em 1961 — com data de janeiro de 1962 na capa da revista (“Tales to Astonish” n° 27) —, ele era apenas um mero personagem daquelas histórias de ficção-científica que a revista publicava — no caso, o cientista Henry Pym, que descobrira uma fórmula para encolher objetos (esquema parecido com outro herói dos quadrinhos, Elektron, da concorrente DC Comics). Pym, numa emergência, arriscou usar o tal soro nele mesmo e acabou caindo num formigueiro do quintal.

Oito números depois, em sua segunda aparição, a Marvel decidiu transformá-lo num super-herói uniformizado e o batizou de “Homem-Formiga”. Desta vez ele tinha incluído um capacete que, além de esconder sua identidade, permitia contato com as formigas. Um dos problemas da historieta era justamente seu protagonista. “Muitos artistas desenham o Homem-Formiga e suas formigas proporcionalmente maiores do que deveriam aparentar, para encaixá-los junto com os humanos gigantes no mesmo quadrinho”, observou o roteirista Roy Thomas em artigo publicado em “Alter Ego: The Comic Book Artist Collection” (2001, pág. 114). “O estilo mais natural do [desenhista] Neal [Adams] aproximou Pym do tamanho verdadeiro de uma formiga. De certo modo, Neal foi o artista ideal para o Homem-Formiga, embora ele tenha desenhado o personagem apenas uma vez [em 'Avengers' n° 93, 1971]”.

Em 1963, no n° 44, o formiga ganhou uma parceira e namorada, a Vespa, que se parecia muito com sua ex-mulher, a húngara Maria Trovaya (morta anos antes por comunistas de seu país). O pai da Vespa também fora morto por um vilão, e, sensibilizado, Pym resolveu dar-lhe a fórmula de encolhimento e adotá-la como parceira de aventuras.

Ainda naquele ano, a nova dupla de heróis apareceu na estréia da revista dos Vingadores, grupo que reunia alguns astros da Marvel da época numa mesma aventura. A dupla Hank Pym e Janet van Dyne teve sua última aventura publicada no n° 69 (1965) de Tales to Astonish.

Com o passar dos anos, Pym deixou de ser produzido pelo trio Stan Lee, Jack Kirby e Larry Lieber e foi então que passou a ganhar uma série de novas identidades e uniformes: Homem-Gigante (quando passou a aumentar de tamanho, ao invés de encolher), Golias, Jaqueta Amarela (quando encolheu de novo) e por aí a fora. Algumas mudanças foram bem aceitas pelo leitor, outras não, e, talvez pelo fato do personagem ficar descaracterizado com tantas mudanças e reviravoltas ao longo dos anos, ele acabou como mero coadjuvante nas revistas da editora e até desaparecendo no meio dos infinitos super-heróis do universo Marvel.

- Antônio Luiz Ribeiro


Relate algum problema encontrado nesse grupo