Vertigo: Além do Limiar


Marcatti



País de nascimento: Brasil
16 de junho de 1962

Lista de revistas com trabalhos de Marcatti
Veja lista detalhada dos trabalhos


Francisco A. Marcatti Jr., nascido em São Paulo, em 1962, é um cartunista, representante do quadrinho underground no Brasil. Aos 15 anos, teve sua primeira história publicada na revista Papagaio, produzida por alunos do Colégio Equipe (onde Marcatti jamais estudou).

Em 1980, graças a uma herança, comprou a impressora off-set de mesa Rex Rotary modelo 1501, com a qual fundou a editora independente Pro-C. Passou, então, a escrever, editar, desenhar, imprimir, dobrar, grampear e distribuir diversas revistas de sua autoria (e de outros, como Lourenço Mutarelli) com os mais inusitados títulos: Mijo, Lodo, Prega, Ventosa, etc.

Ele publicou ininterruptamente 38 revistas ao decorrer de praticamente uma década, tal como os fanzines, vendendo-as ele mesmo via Correios ou de mão em mão, em portas de cineclubes, casas de shows, bares, teatros, lojas de discos e boates de São Paulo.

Recebeu em 1988 o Troféu Jayme Cortez do Prêmio Angelo Agostini, organiado por Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo em reconhecimento ao seu apoio aos quadrinhos locais.

Ao longo dos anos, publicou também seus quadrinhos em outras revistas, como Chiclete com Banana, Tralha, Monga, Casseta & Planeta, Mega e Mil Perigos.

Marcatti também fez as capas dos álbuns Anarkophobia e Brasil, da banda Ratos de Porão.

Em 2001 criou seu personagem Frauzio para uma revista mensal, lançada pela Editora Escala, com tiragem de 30 mil exemplares e distribuída em bancas de jornais, tendo o título após o 6º número. Em 2003 deu continuidade ao personagem, dessa vez pela Pro-C.

Em 2005, a editora Conrad lançou Mariposa, primeira graphic novel do autor, livro que lhe rendeu o Prêmio Angelo Agostini de Melhor Roteirista.

Em 2007, abandonando a temática escatológica e adaptou o romance A Relíquia, de Eça de Queiroz, publicado pela mesma editora.

Em novembro de 2008, tornou-se colaborador da versão brasileira da revista Mad, tal qual Basil Wolverton, uma de suas influências.

Em 2012 o ano em que foi homenageado como Grande Mestre pelo “Troféu HQMix”, adquiriu uma sexagenária impressora offset com o propósito de disponibilizar toda sua produção de mais de quatro décadas e continuar a produzir sua obras escatológicas.

Em 2017, a Ugra Press lançou Marcatti 40, um álbum em homenagem aos 40 anos de carreira de Marcatti.

Mal começou o ano de 2018, Marcatti se uniu novamente com João Gordo para relançar as duas revistas RxDxPx Comix, onde os membros da banda Ratos de Porão são caracterizados como ratos para vivenciar HQs “hardcore”. Com roteiro de Marcatti e João Gordo, as edições originais, lançadas há 25 anos, são hoje considerados raríssimos itens de coleção.

Somando mais de 1.800 páginas de HQs, atualmente, vem trabalhando na adaptação de “Os Miseráveis” de Victor Hugo para a Cia das Letras. A HQ, com mais de 650 páginas, pode se tornar a mais importante empreitada de sua carreira.

Em 2013, Marcatti lançou o financiamento coletivo de Coprólitos no Catarse, reunindo em uma edição encadernada de histórias curtas publicadas em 1986 e 1992.

Em 2017, a Ugra Press organizou o álbum Marcatti 40, em homenagem aos 40 anos de carreira de Marcatti, trazendo 40 HQs curtas criadas por diversos artistas brasileiros estreladas por Frauzio, financiado através de crowdfunding pela plataforma Catarse. Em 2018, esta HQ conquistou o 30º Troféu HQ Mix nas categorias "melhor publicação de humor" e "melhor publicação mix" (esta última, empatada com Baiacu, de Angeli e Laerte Coutinho).

Em 2019, Marcatti lançou duas campanhas de financiamento no Catarse: Inês e Pedro - Um Amor que Abalou Portugal, feito em parceria com a professora e pesquisadora Libânia Molina de Souza, a HQ conta a história de Pedro I de Portugal e Inês de Castro e Frauzio - Esse Pode, contendo histórias publicadas nas redes sociais.

Em agosto de 2020, ao lado de Laudo Ferreira e Germana Viana, lançou no Catarse, a campanha de financiamento coletivo do mix independente Ménage, que foi agraciado com dois prêmios da 33ª edição do Troféu HQMix (Publicação de Humor e Publicação Independente de Grupo). Em novembro de 2021 foi lançado no Catarse o financiamento do quarto volume do mix Ménage, tendo como tema "piscina".

Em setembro de 2021, Marcatti anunciou a publicação mensal de Frauzio, começando a partir da edição 25 da revista principal do personagem em novembro de 2021. A numeração da revista é mantida porém, agora é publicada mensalmente. O título é apoiado no Catarse e os apoiadores acompanham a produção das revistas e as recebem em casa antes do público geral.

A revista Frauzio 25 foi lançada em novembro de 2021, além de ser a primeira publicação mensal independente do Brasil, não há registro de que já tenha ocorrido uma publicação independente e mensal ao redor do mundo.


Marcatti

Personagens criados por Marcatti (1)


Relate algum problema encontrado nesse artista