Ofertas na Amazon!


Francesco Gamba



País de nascimento: Itália
15 de outubro de 1926
13 de fevereiro de 2012

Lista de revistas com trabalhos de Francesco Gamba
Veja lista detalhada dos trabalhos


Primo do também desenhista Pietro Gamba, Francesco Gamba foi um desenhista cujo estilo mesclava traços realistas a outros um tanto caricaturais. As suas marcas de estilo são inconfundíveis, com enquadramentos, na maioria das vezes, fazendo com que a imagem ocupe mais a parte inferior do quadrinhos, deixando grandes espaços na parte superior (geralmente preenchidos com balões e recordatários pelo roteirista). Os cavalos desenhador por ele também tem um estilo particular: as patas são onduladas e quase sempre acabam em pontas salientes, enquanto as crinas são longas e esvoaçantes ao vento. Os personagens humanos são quase sempre magricelas, com perfis dignos dos melhores dançarinos.

Nascido em La Spezia, uma pequena cidade italiana, Gamba começou a desenhar quadrinhos aos 20 anos, em 1947, com as aventuras de “Yorga” e de “Pecos Bill” e, em 1952, enquanto ainda colaborava com a Editora Mondadori, começou seu relacionamento com a Casa Bonelli, que ainda se chamava Edizioni Audace e era dirigida por Tea Bonelli, a mãe do futuro editor Sergio. Na editora dos Bonelli, Gamba começou como “artista fantasma” (que não tem seu nome creditado) do ranger “Tex”, fazendo a arte-final (a passagem de tinta nos traços a lápis). Mas o assistente não ficou anônimo por muito tempo em “Tex”, pois a partir do episódio “Pista di morte” (1954) se nome foi publicado ao lado do de Galep (o desenhista titular da série).

E Gamba acabou se destacando, afinal, por conseguir reproduzir o estilo do Gallep com tanta perfeição que tornou-se extremamente difícil identificar os desenhos trabalhados por ele.


Francesco Gamba

Personagens criados por Francesco Gamba (5)


Relate algum problema encontrado nesse artista