Esquenta Festival Guia dos Quadrinhos 2019


Eddie Berganza



País de nascimento: Guatemala

Lista de revistas com trabalhos de Eddie Berganza
Veja lista detalhada dos trabalhos


Eddie Berganza era um escritor e editor da DC Comics. Durante o período em que responsável por coordenar as histórias publicadas nas quatro séries mensais de histórias em quadrinhos de Superman - Action Comics, Adventures of Superman, Superman e Superman: The Man of Steel - foi responsável por "reerguer o personagem e tornar suas histórias mais atrativas", tornando as quatro publicações um sucesso de público e crítica no final da década de 1990 e novamente a partir da metade da década seguinte.

Por seu trabalho ele foi tanto indicado ao prêmio de "Melhor Editor" da revista Comics Buyer's Guide em 1999, 2000 e 2002, quanto alvo de inúmeras críticas por leitores em anos posteriores. Sobre as reações dos fãs, declarou, em 2004: "Eu sou aquele que é fácil culpar. Afinal, sou o responsável por contratar as pessoas cujo trabalho você vai gostar ou não. Teoricamente, se você gostar do que acontece numa história que trate, vamos dizer, de Beppo, o Supermacaco, 'parabéns' pro escritor, mas eu não acho que o meu nome vai sequer ser mencionado quanto ao sucesso dessa publicação. Não que eu queira tirar o mérito de alguém, apenas creio que seja mais fácil insultar o editor do que um criador, e eu acabo não recebendo quase nada dos elogios".

Berganza atua esporadicamente também como escritor, tendo sido responsável pelas tiras dos personagens Novos Titãs publicadas em 2009 na coletânea Wednesday Comics, e foi o responsável por coordenar uma série de eventos significativos na história da editora, como a Presidência de Lex Luthor e os crossovers A Noite Mais Densa, O Dia Mais Claro, Crise Infinita, Crise Final, Flashpoint e Mundos em Guerra.

No final de 2010, após a editora passar por uma profunda reestruturação, Berganza se tornou o editor executivo de toda a linha de quadrinhos do Universo DC - cargo que manteve até 2012, quando foi substituído pela editora Bobbie Chase. À época, as razões para Berganza ter sido demovido não estavam claras. O sucesso de Chase como editora da linha de quadrinhos envolvendo Batman era citado para sua promoção, e algumas fontes haviam informado o jornalista Rich Johnston de que a mudança apenas permitiria que Berganza voltasse a ter mais liberdade para trabalhar como editor nas revistas nas quais já estava envolvido, mas rumores apontavam para "indiscrições" envolvendo funcionárias do sexo feminino. A partir de 2016, as "indiscrições" de Berganza começaram a ser divulgadas pela imprensa, como uma reação à demissão de Shelly Bond, respeitada editora responsável pelas revistas da linha Vertigo.

Denúncias de Assédio

A DC Entertainment divulgou um comunicado informando a suspensão do editor Eddie Berganza de suas funções. A decisão foi tomada após uma matéria do site Buzz Feed abordando o assunto. A situação, entretanto, não é nova. Histórias envolvendo Berganza começaram em 2012, mas, até então, nenhuma ação mais efetiva havia sido tomada. O caso voltou a ganhar força devido aos recentes escândalos que tomaram conta de Hollywood, e atingiram importantes produtores, diretores e atores, como Harvey Weinstein, Brett Ratner e Kevin Spacey, dentre outros.

“A DC Entertainment suspendeu imediatamente o Sr. Berganza e o removeu de suas funções como editor de grupo na DC Comics. Haverá uma rápida e cuidadosa verificação para definir os próximos passos sobre as alegações contra ele e as preocupações de nossos autores, empregados e fãs. A DC continua extremamente comprometida com um ambiente de trabalho seguro para nossos empregados e todos os envolvidos na criação de nossos quadrinhos”, afirmou.

Diversos escritores e desenhistas se manifestaram sobre o caso, pedindo providências antes da decisão da editora, incluindo Shea Fontana, Gail Simone, Matthew Rosenberg, Lilah Sturges, Gerry Conway e o brasileiro Rafael Albuquerque.

Durante o dia de hoje (13/11/2017), após o artigo acima ser publicado, foi confirmada a demissão de Eddie Berganza. “A Warner Bros. e a DC Entertainment reincidiram o contrato empregatício com o editor de grupo da DC Comics, Eddie Berganza. Estamos comprometidos em erradicar casos de assédio, e garantimos a todos os empregados, assim como nossa comunidade freelancer ciente de nossa política, que reportem qualquer preocupação para receberem assistência da empresa”, diz o comunicado oficial.

Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Eddie_Berganza e http://www.universohq.com/noticias/dc-suspende-editor-eddie-berganza-apos-denuncias-de-assedio/


Eddie Berganza


Relate algum problema encontrado nesse artista

  • Antonio Pontes Junior
  • Adicionado por
    Antonio Pontes Junior
    em 13/03/2007 20:33:00