Vertigo: Além do Limiar


Léo Futuro



Nome original: Tommy Tomorrow
Licenciador: DC Comics
País de origem: Estados Unidos da América
Criado por: Bernie Breslauer, Howard Sherman

Lista de revistas com participação de Léo Futuro

    Primeira aparição no:
  • País de origem
    Real Facts Comics  n° 6 - DC Comics
Herói de ficção-científica da editora DC, bebendo nas águas de “Buck Rogers” e “Flash Gordon”. Tommy Tomorrow apareceu pela primeira vez no gibi “Real Fact Comics” n° 6, com data de janeiro de 1947 (mas provavelmente vendido nas bancas americanas ainda no final de 1946). Logo a seguir, a historieta foi transferida para a revista “Action Comics”. Na trama, Tommy é um jovem louro e boa-pinta que se forma no “Porto Espacial West Point”, em 1988 (mais tarde, a data foi mudada e os personagens passaram a se movimentar no ano de 2050). Tommy Tomorrow eventualmente foi promovido a coronel dos Planeteers, a força policial do século XXI no espaço. O curioso é que a capital da Terra no século XXI é Gotham (que, a rigor, é a cidade de “Batman”). Os roteiros eram ingênuos, feitos para crianças, não se comparando às histórias de ficção científica lida nos livros da época.

Em “Action” n° 142 (1950), entretanto, a série foi reforçada com a chegada de um novo “planeteer”, o capitão Brent Wood que, a princípio, aparecia apenas em algumas histórias mas que, a partir do n° 154, foi efetivado como personagem fixo da historieta. Outro coadjuvante era Tim, o irmão caçula de Tommy.

Com a chegada da Era de Prata dos quadrinhos americanos, “Tommy Tomorrow” foi reformulado. A nova versão, capitaniada por Arnold Drake (roteiro) e Lee Elias (desenhos), estreiou no n° 41 de “Showcase”, em 1962. Desta vez, Brent Wood ficou de fora, sendo o novo parceiro do herói um alienígena de Vênus.

A partir de 1985, a DC começou a reformular radicalmente seu panteão de heróis, com a intenção era simplificar seu universo de personagens. Mas o resultado foi justamente o contrário. A continuidade começou a ficar ainda mais confusa, obrigando a editora a fazer diversas reformulações (as chamadas “Crises”), envolvendo linhas temporais confusas, algumas na base do “acredite se quiser”. “Tommy Tomorrow”, por exemplo, começou a ser apresentado como a identidade futura de outros heróis da DC, como “Kamandi” e “Starman”. Chegou até a aparecer no universo de “Jornada nas estrelas”. Na verdade, os editores e roteiristas da DC cairam no mesmo emaranhado que criaram. Com isso, muitos leitores se afastaram. Hoje, “Tommy Tomorrow” não é mais publicado.

- Antônio Luiz Ribeiro

Léo Futuro



Relate algum problema encontrado nesse personagem

  • OSCARDIACO
  • Adicionado por
    OSCARDIACO
    em 13/07/2007 15:18:00
    Editado por Antônio Luiz Ribeiro