3
Festival Guia dos Quadrinhos 2018


Opera Graphica


Títulos publicados pela Opera Graphica
A editora tem 126 títulos cadastrados no site, somando 312 edições no total.

A história da Opera Graphica começa numa banca de revistas na Rua Bela Cintra, cidade de São Paulo, nos anos 90. Logo essa banca se mudou para uma loja na Alameda Jaú, com o nome de Comix Book Shop.

Em 1996, o proprietário da Comix, Carlos Mann, junto com o editor Franco de Rosa, lançou o selo (não a editora) Opera Graphica. Nesse meio tempo, o convívio constante de com artistas, jornalistas e estudiosos rendeu frutos em forma de fanzines e, a partir de 1998, surgiram as primeiras edições profissionais do "estúdio de produção editorial Opera Graphica".

Inicialmente o estúdio prestava serviços a Editora Escala, logo depois se tornou uma editora. A Opera Graphica se notabilizou pela publicação de álbuns de luxo voltados para livrarias e comic shops, além de uma gama variada de livros teóricos sobre HQs, com destaque para as obras de Marco Aurélio Lucchetti, Roberto Guedes e Gonçalo Junior.

A editora encerrou suas atividades em 2008, publicando, na ocasião, três álbuns de despedida: "Desenhando Anatomia – Animais", "Príncipe Valente" (vol. XX) e "Fantasma – O Espírito que Anda". A notícia do encerramento da Opera Graphica foi oficialmente divulgada para a imprensa por seus fundadores, Franco de Rosa e Carlos Mann.

Retornou com as atividades em 2012 com o livro "E Benício criou a mulher".

Notas e fontes —
http://www.operagraphica.com.br/
http://areiahostil.wordpress.com/2009/11/26/areia-hostil-entrevista-julio-shimamoto/
"Mundo dos Super-Heróis" 22, 2010.


http://www.operagraphica.com.br/index.htm

Opera Graphica