• eduarthmaul
  • eduarthmaul
    20 de março de 2015 às 23:14


  • eduarthmaul
  • eduarthmaul
    21 de março de 2015 às 0:28
    E, é claro, o “meu Quarteto”! Os fãs xiitas vão notar que essa capa eu chupei de Super Powers 11 (que, por sua vez, é uma versão de uma capa do Quarteto Fantástico). O tempo não foi lá muito gentil com essa... Ah! Esse vilão que eles enfrentam era um bonequinho que eu tinha! Adorava esse bonequinho!
  • jair cardoso de mello
  • jair cardoso de mello
    29 de março de 2015 às 21:41
    Capa fantástica, daquelas que o cara comprava só pela capa mesmo.Exalando ação por cada nanquim colocado.
  • eduarthmaul
  • eduarthmaul
    30 de março de 2015 às 18:59
    E não é? Foi botar o olho em SP 11, com o Superboy Primordial erguendo Blocko e segurando Brainiac 5, com Solar e Rapaz Invisível caídos e virei fã de John Byrne de cara! Na do Quarteto, era o Gladiador da Guarda Imperial de Sh’iar (que saiu no GHM 19 com outra capa). Essa aí foi minha “homenagem”!
  • jair cardoso de mello
  • jair cardoso de mello
    31 de março de 2015 às 15:15
    Cara,nossa formação Marvel /DC é basicamente a mesma:J.Byrne,J.Starlin e de KingKirby, acrescento a essa Trindade George Perez, Crise nas infinitas terras me impactou de tal forma que virei fã de personagens que nem conhecia como Kamandi e outros tantos que a Abril nunca publicou.Abraços irmão. .